Comissão Organizadora

COMISSÃO EXECUTIVA

Dr. Charles Wilson (World Food Preservation Center/USA)

A carreira professional do Dr. Charles Wilson se estende por mais de 15 anos em duas universidades americanas de renome: a University of Arkansas e a Ohio State University. Após este período o Dr. Wilson atuou por 37 anos no Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e nos últimos 7 anos o Dr. Wilson dedicou-se à consolidação do World Food Preservation Center. O Dr. Wilson foi autor de mais de 250 publicações científicas, 20 depósitos de patentes e seis livros. Na organização de eventos foi convidado a organizar e coordenar 10 simpósios internacionais e apresentou trabalhos em outros 10 simpósios. Foram, na carreira, mais de 40 aulas em 22 estados e 11 países além de liderar seminários e discussões com estudantes de 10 grandes universidades. Dr. Wilson organizou três workshops internacionais no âmbito do Fundo Binacional de Desenvolvimento e Pesquisa (BARD) em preservação de alimentos por meios biológicos e teve participação decisiva no registro do primeiro biofungicida para controle de doenças pós-colheita registrado no EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos).

Dr. Jeffrey K. Brecht (University of Florida/USA)

O Dr. Jeffrey K. Brecht recebeu título de bacharel em Biologia pelo Whittier College em 1979 e no ano de 1984 foi titulado Ph.D. em Fisiologia Vegetal pela Universidade da Califórnia, Davis. Desde 1984 ocupa cargo docente na Universidade da Flórida em que o programa de pesquisa envolve estudos de colheita, manuseio, armazenamento, transporte e os processos fisiológicos e metabólicos relacionados ao desenvolvimento, maturação e senescência de espécies hortícolas. O Dr. Brecht tem ainda atividades de extensão em pós-colheita no estado da Florida e leciona em nível de pós-graduação a disciplina de Princípios de Pós-Colheita em Horticultura.  O Dr. Brecht é o diretor do Centro de Distribuição e Varejo de Alimentos (CFDR) da Universidade da Flórida que congrega pesquisadores em ciências agrárias e engenheiros com empresas envolvidas na distribuição e venda de produtos perecíveis para estabelecimento de pesquisas multidisciplinares. Como diretor do CFDR tem interações com associações de produtores, embaladores e distribuidores, importadores e exportadores, processadores e varejistas para disponibilizar informação sobre os avanços no manuseio de alimentos perecíveis. O Dr. Brecht está também envolvido em projetos internacionais de pesquisa e extensão pós-colheita na América Central e América do Sul, Ásia e África. Ele é autor de mais de 500 publicações técnicas, incluindo 160 artigos em revistas científicas. Foi nomeado professor da Fundação de Pesquisa da Universidade da Florida em 2002, membro da American Society for Horticultural Science em 2006 e membro honorário da Florida State Horticultural Society em 2014.

Prof. Renar João Bender (UFRGS/Brazil)

Engenheiro Agrônomo em 1977 e Mestre em Agronomia (1982) ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. No ano de 1984 obteve o título de especialização em fisiologia pós-colheita pela Univerisitaet Hohenheim (Alemanha). Ph.D. pelo Departamento de Ciências da Horticultura da University of Florida (EUA) em 1996. Entre os anos de 1982 até 1989 atuou como pesquisador junto a Estação Experimental de Caçador da Empasc, SC na área de armazenagem de fruteiras temperadas. Desde 1989 ocupa uma vaga de docente no Departamento de Horticultura da Faculdade de Agronomia/UFRGS com dedicação ao ensino e pesquisa com fisiologia pós-colheita de produtos hortícolas.

Dr. Antonio Lizana (Universidad de Chile/Chile)

Engenheiro Agrônomo pela Universidade do Chile e M.Sc. da Washington State University. Ph.D. pela Universidade da Califórnia (EUA) em manejo, qualidade e pós-colheita de produtos frescos. O Dr. Lizana é professor titular em Fruticultura e de Manejo, Qualidade e Fisiologia Pós-Colheita de Frutas. Foi idealizador, em 1990, do Centro de Estudos Pós-Colheita (Cepoc) na Universidade do Chile em que foram conduzidos estudos dos fatores que influenciam a qualidade de frutas e na determinação do ponto ótimo de colheita para exportação de frutas. Conduziu pesquisas em atmosfera controlada e modificada na armazenagem e exportação de frutas, na determinação do descarte e fatores que influenciam nas perdas de frutas e hortaliças de exportação. O Dr. Lizana foi editor de 23 anais de eventos e organizador de 27 reuniões técnicas no Chile e 15 internacionais. Proferiu palestras em conferências internacionais sobre manejo, qualidade e pós-colheita de frutas e hortaliças em 15 países (Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, Espanha, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, México, Peru, África do Sul e Egito). O Dr. Lizana foi o iniciador dos primeiros cursos de pós-colheita na Universidad de La Republica (Uruguai), na Universidad Ambato y Cuenca (Equador), na Universidad de Colômbia e na Universidad de Cochabamba (Bolívia). O Dr. Lizana foi por três períodos Decano da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidad de Chile e recebeu inúmeras distinções e honrarias nacionais e internacionais.

Dr. Ariel Vicente (Universidad La Plata/Argentina)

Engenheiro Agrônomo e Dr. em bioquímica pela Universidade La Plata/Argentina com mestrado em biologia vegetal pela Universidade da Califórnia em Davis/EUA e especialização em manejo pós-colheita pela Universidade Nacional de Rosário, Argentina. Atualmente o Dr. Ariel Vicente é professor na disciplina Agroindústria da Universidade La Plata e é um investigador independente do Conicet/Argentina e que ainda atua como Coordenador Nacional da Secção Tecnologia e Ciência de Alimentos do Ministério de Ciência e Tecnologia da Argentina. O Dr. Ariel é editor da revista científica Journal of Experimental Botany (editada no Reino Unido). Em sua atuação profissional orientou e co-orientou 20 teses de graduação e mestrado e cinco teses de doutorado. Como autor contribuiu em mais de 70 trabalhos científicos, 13 capítulos de livros e 200 apresentações de trabalhos científicos em congressos na área das ciências dos alimentos, fisiologia vegetal e biología e tecnología pós-colheita. Ainda, no transcurso da atuação profissional avaliou mais de 500 trabalhos em 50 revistas científicas internacionais e cerca da 400 projetos de pesquisa. O Grupo de Investigação em Tecnologia Pós-Colheita (GITeP) a que pertence o Dr. Ariel está orientado para identificação dos fatores que contribuem para deterioração de frutas e hortaliças e na busca de metodologías para controlar e reduzir as perdas pós-colheita de alimentos.



COMISSÃO ORGANIZADORA LOCAL

Prof. Lauri Radunz (Laboratório de Armazenagem de Grãos/UFRGS)

Engenheiro Agrônomo e Mestre em Ciência e Tecnologia Agroindustrial pela Universidade Federal de Pelotas, Doutor em Engenharia agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Professor adjunto lotado no departamento de Fitossanidade, da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atua com ensino e pesquisa na área de pós-colheita de grãos, principalmente na relação da colheita com as etapas de secagem e armazenamento, visando a minimização das perdas.

Dra. Lucimeire Pilon (Embrapa – Hortaliças, Brasília, Distrito Federal, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Rafael Gomes Dionello (Laboratório de Armazenagem de Grãos/UFRGS)

Engenheiro Agrônomo, Mestre em Ciência e Tecnologia Agroindustrial, UFPel 2000, Doutor em Produção Vegetal, UENF, 2005, Professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul desde de 2007, Diretor da Estação Experimental Agronômica da UFRGS, trabalho com secagem e armazenamento de grãos, qualidade de grãos, manejo de pragas em produtos armazenados, principalmente insetos e fungos.

Prof. Renar João Bender (Laboratório Pós-Colheita/UFRGS)

Engenheiro Agrônomo em 1977 e Mestre em Agronomia (1982) ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. No ano de 1984 obteve o título de especialização em fisiologia pós-colheita pela Univerisitaet Hohenheim (Alemanha). Ph.D. pelo Departamento de Ciências da Horticultura da University of Florida (EUA) em 1996. Entre os anos de 1982 até 1989 atuou como pesquisador junto a Estação Experimental de Caçador da Empasc, SC na área de armazenagem de fruteiras temperadas. Desde 1989 ocupa uma vaga de docente no Departamento de Horticultura da Faculdade de Agronomia/UFRGS com dedicação ao ensino e pesquisa com fisiologia pós-colheita de produtos hortícolas.

Prof. Ricardo Kluge (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, São Paulo, Brasil)

Aguardando curriculum.



COMISSÃO CIENTÍFICA

Prof. Auri Brackmann (Universidade Federal de Santa Maria, RS, Brasil)

Prof. Auri é graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1978), mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (1984) e doutorado em Ciências Agrárias pela Universität Hohenheim (1990), Alemanha. É professor titular da Universidade Federal de Santa Maria na área de Fruticultura e Fisiologia pós-colheita de produtos vegetais. Como pesquisador Nível 1 do CNPq atua em pesquisa sobre os seguintes temas: armazenamento refrigerado e em atmosfera controlada, além de fisiologia e qualidade pós-colheita de frutas hortaliças e grãos. Orientou 46 alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado), publicou mais de 300 artigos em periódicos científicos e tem seis patentes que envolvem técnicas de armazenamento em atmosfera controlada. Idealizou e hoje é o coordenador do Núcleo de Pesquisa em Pós-colheita da Universidade Federal de Santa Maria.

Prof. Cassandro V. T. do Amarante (Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Eduardo Seibert (Instituto Federal Catarinense, Santa Rosa do Sul, SC, Brasil)

Aguardando curriculum.

Dr. Irineu Lorini (Embrapa – Soja, Londrina, Paraná, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Lauri Radunz (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil)

Engenheiro Agrônomo e Mestre em Ciência e Tecnologia Agroindustrial pela Universidade Federal de Pelotas, Doutor em Engenharia agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Professor adjunto lotado no departamento de Fitossanidade, da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atua com ensino e pesquisa na área de pós-colheita de grãos, principalmente na relação da colheita com as etapas de secagem e armazenamento, visando a minimização das perdas.

Dra. Lucimara R. Antoniolli (Embrapa – Uva e Vinho, Bento Gonçalves, RS, Brasil)

Aguardando curriculum.

Dra. Lucimeire Pilon (Embrapa - Hortaliças, Brasília, Distrito Federal, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Luis C. Gutkoski (Universidade de Passo Fundo, RS, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Majeed Mohammed (Fundação para Educação Pos-Colheita, Trinidad & Tobago).

Dr. Majeed Mohammed atua na área de fisiologia pós-colheita sendo Professor Senior na Faculdade de Produção de Alimentos na Universidade das Índias Ocidentais (UWI) em Trinidad & Tobago há 30 anos. Após conclusão do Bacharelado na UWI em 1977, concluiu o M.Sc. and Ph.D. in fisiologia pós-colheita na Universidade de Guelph no Canadá em 1984 e na UWI em 1992, respectivamente. Atualmente ocupa uma posição no Conselho Diretor na Fundação de Educação Fisiologia Pós-colheita dos Estados Unidos e também no Painel de Especialistas na UN/FAO na America Latina e Caribe em prevenção e redução de perdas e desperdícios de alimentos.

Dr. Marcos F. David (Embrapa –Instrumentação, São Carlos, SP, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Moacir C. Elias (Universidade Federal de Pelotas, RS, Brasil)

Aguardando curriculum.

Dr. Murillo Freire Junior (Embrapa – Agroindústria de Alimentos, Guaratiba, Rio de Janeiro, Brasil)

Aguardando curriculum.

Prof. Rafael Gomes Dionello (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil)

Engenheiro Agrônomo, Mestre em Ciência e Tecnologia Agroindustrial, UFPel 2000, Doutor em Produção Vegetal, UENF, 2005, Professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul desde de 2007, Diretor da Estação Experimental Agronômica da UFRGS, trabalho com secagem e armazenamento de grãos, qualidade de grãos, manejo de pragas em produtos armazenados, principalmente insetos e fungos.

Prof. Ricardo Kluge (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, São Paulo, Brasil)

Aguardando curriculum.

Dr. Rufino F. F. Cantillano (Embrapa – Clima Temperado, Pelotas, RS, Brasil)

Aguardando curriculum.